quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Decoração quarto de bebê

Meninas achei algumas decorações de quartos para bebês e fiquei encantada to postando algumas fotos para vocês darem uma olhadinha.

Femininos.



Masculinos.



Para as Futuras Mamães se inspirarem. *-*



terça-feira, 4 de setembro de 2012

Desejo do dia!

Quem não adora compras não e mesmo?!! nós mulheres adoramos rs.
Eu não posso ver maquiagem ou produtos de beleza em promoção que fico doida quero todos de uma vez no momento estou querendo muito uma paleta de maquiagem que vi no Debby Shop :)
Meninas olha que mas linda!!!


E a Melhor parte ta super baratinha custa só R$ 39,90 podendo parcelar em até 3 vezes.
Para adiquirir basta clicar no link na lateral do blog no banner LINDAS PALETAS claro que não vou ficar fora dessa a minha eu vou correndo comprar.

Um Relacionamento Não Se Sustenta Apenas Com Amor

Meninas li uma matéria da Revista Caras muito boa fala sobre relacionamentos e que não e apenas por amor que devemos nos "prender" a uma pessoa, pois sabemos que existem casais que brigam muito onde o homem já não valoriza mas a mulher ou vice-versa ou permanecem juntos por medo de mudanças, por carência ou outros motivos. 
Vale a pena ler até onde ir por amor. 

Fontehttp://caras.uol.com.br/noticia/um-relacionamento-nao-se-sustenta-apenas-com-o-amor-e-preciso-mais#image0




Culturalmente, as pessoas estão condicionadas a acreditar que o amor é o mais importante em uma relação. A família ensina assim e a sociedade, de uma forma ou de outra, corrobora a crença. Mas pensar dessa forma nem sempre é saudável para quem vive um relacionamento. Amor é bom, mas não é tudo. Acreditar nisso impede que os parceiros avaliem o compromisso conjugal com clareza e distanciamento, que enxerguem o que está acontecendo naquele determinado momento da relação, e dificulta as aprendizagens, as mudanças.
Quando essa definição cultural se soma a dificuldades pessoais, a união vai se cristalizando e perdendo a possibilidade de ser reavaliada, redefinida, recontratada. Por carência, ilusão ou medos, muitas pessoas ficam em relacionamentos ruins com a desculpa de que os envolvidos “se amam”. O fato de considerarem isso o mais importante faz com que não avaliem outros aspectos, muito importantes, que fazem parte de uma relação de casal. Em nome do amor, suportam ser maltratadas, rejeitadas, desqualificadas. Convivem com a solidão a dois, com a falta de parceria (no uso do dinheiro, nos projetos, na divisão de tarefas). Ou toleram diferenças profundas de valores, de ética, de moral. O fato de haver amor acaba se tornando uma desculpa para não tomar decisões, fazer escolhas ou responsabilizar-se.
Por mais importante que seja, o amor é apenas um dos elementos que justificam uma relação. E não estou falando em paixão — aquele entusiasmo desorganizador, avassalador, que faz com que a pessoa só enxergue no outro o que lhe agrada e só mostre para o outro o que o manterá interessado. Estou falando de amor verdadeiro, forte e profundo. Aquele sentimento de pertencimento, de carinho e compaixão, de satisfação de estar junto, de compreensão e respeito pelas dificuldades do outro. Mesmo esse encantamento maduro não é suficiente para manter um relacionamento saudável. Além dele — e, em alguns casos, mais do que ele —, precisa haver respeito, qualificação, parceria, projetos e objetivos comuns (o que inclui a aquisição de bens, a decisão de ter filhos ou não e outras coisas que envolvem os dois).
Os casais que têm essa soma de elementos e também amor são privilegiados. E sabem que vale a pena dedicarse, esforçar-se, alimentar o amor e as outras características da relação para manter e solidificar a parceria. Para outros, o amor nem é o principal. A vida em comum, rica e agradável, basta. O sentimento amoroso acaba por ser alimentado por todos os outros elementos. Nesses casos, quem enxerga a complexidade da situação pode, com maturidade e perseverança, cuidar da relação e tornála cada dia mais plena e realizadora. Agora, se um ou outro cai na armadilha de achar que o que tem é pouco, porque acredita naquela verdade preestabelecida de que o amor é tudo, correrá o risco de se entregar aos melindres da carência e da fantasia, pondo a relação em risco.
Por isso é que se faz necessário acabar com o mito: mais importante do que o casal se amar é ele viver bem e feliz, num relacionamento que traz aprendizagens e crescimento. Isso é uma relação plena.

Em busca de colaboradoras

Olá meninas fiz o blog a pouco tempo por isso ele estão tão pobrinho rsrs, bom comecei a trabalhar e estou ficando sem tempo para o blog e por isso busco a ajuda de vocês.
Quem quiser  me da uma ajudinha será bem vinda ok.
Se você gosta de moda falar sobre novas tendencias e só postar aqui, ou se você quer falar sobre decoração, viagens fica a sua escolha.

Quem quiser fazer parte do blog e só mandar um email para bruna.fernandesfarias@gmail.com. 

Obs: caso já tenham escrito ou feito parte de algum blog favor mandar o link.

Beijos!!!





segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Minha nova queridinha

Meninas comprei uma sapatilha da Zaxy e estou apaixonada por ela e super linda e confortavel, além de ser super baratinha :).
Olha que coisa linda.
Sapatilha Feminina Zaxy 16516 Bugs - Salmão

é ai o que vocês acharam? também tem ela nas cores Cinza e Azul. 

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Fofura do dia.

Olha que coisinha mas fofa meninas que achei rodando na internet.
é uma fofura ou não e?! *-*



Bom final de semana a todas!!!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Filme Katy erry

Meninas eu estou louca para ver o filme da Diva katy perry, todo mundo que viu disse que adoro.

O filme conta a história do início da trajetória de sua carreira  até os dias atuas, como cantora gospel antes de todo esse sucesso ela era conhecida como Katy Hudson.
O filme mostra o momento em que seu marido Russell Brand pedi o divórcio e de como ela supera esta crise como o apoio de seus fãs e tudo isso acontece em São Paulo.






Alguém ai já viu, o que acharam do filme?!!